Dassault Rafale B Hobbyboss 1/72

R$122,45
3x de R$40,82 sem juros
Ver detalhes das parcelas
Digite aqui o seu CEP para calcular o frete:

Sobre o Dassault Rafale B

Quando a Marine e a Armeé de l'Air viram que necessitavam de um caça com muitas características de projeto e desempenho comuns, elas uniram-se e lançaram uma requisição para que tal caça fosse construído. Na época, a França já tinha tentado se unir aos britânicos no projeto MRCA(que daria origem ao Tornado) mas saíram. Entretanto um novo trabalho estava sendo desenvolvido entre a British Aerospace, Messerchmitt-Bolkow-Blohm, CASA e Alenia-Aermacchi para um caça comum entre as forças aéreas inglesa, alemã(ocidental), italiana e espanhola. Interessada, a Dassault começou a participar do desenvolvimento do que viria a se tornar o Typhoon até meados da década de '80 quando os franceses novamente entraram em desacordo com os parceiros e saíram para um projeto próprio.

Determinados a racionalizar custos e logística, os engenheiros da Dassault tiveram um duríssimo caminho, pois o Rafale deveria subsituir o Mirage F1, o Mirage 2000, o Èntendard, o Super Ètendard, e Crusader. Por isso, era exigido um avião multi-propósito, todo o tempo, bimotor, com aviônicos modernos e boa capacidade de upgrades.

Estreando em 1986 ainda como demonstrador de tecnologia, só em 1990 ele receberia os motores definitivos Snecma M88, dando ao caça, capacidade de supercruzeiro. A marinha receberia as versões M, reforçadas para uso embarcado; enquanto a força aérea teria as versões B(treinamento/ataque/reconhecimento) e C(caça). Os A só foram usados como testadores/demonstradores e foram desativados em meados dos anos '90.

Nascido na época do conceito de  minimização da carga do piloto, o cockpit é extensamente digitalizado, com HUD customizável, telas multifuncionais operadas por toque e controles de voz(DVI). Todos os sensores do avião são integrados e exibidos ao piloto(ou WSO nos B) pelo MDPU. Falando em sensores, eles incluem a suite ECM MBDA/Thales SPECTRA, o radar multimodo RBE2 e os sistemas eletro-óticos OSF, dando capacidade BVR para mísseis termoguiados.

Sobre o item HY87245

  • mísseis SCALP-EG/Storm Shadow(x2);
  • 125 peças(nível 3);
  • mísseis ar-ar MBDA Mica(x2) e Matra R550 Magic II; e
  • 2 variantes possíveis.