Chengdu J-10A Trumpeter 1/48

Chengdu J-10A Trumpeter 1/48
R$230,56
3x de R$76,85 sem juros
Ver detalhes das parcelas
Digite aqui o seu CEP para calcular o frete:

Sobre o Chegdu J-10

Desenvolvido como resposta ao MiG-29 e o Su-27, o J-10 foi confiado à Chengdu Aircraft Design Institute. Apesar do desenvolvimento deveras arrastado da plataforma e da polêmica de os israelenses terem eventualmente cedido os dados de desenvolvimento do IAI Lavi(por sua vez baseado no F-16 americano com asas em delta), os chineses lançaram seu caça multimissão em 1997.

O design em delta com canards é extremamente útil para dogfights, pois essa configuração dá às aeronaves um raio de curva bem menor que um sistema convencional. O piloto pode contar dom 3 telas multifuncionais e um HUD. No capacete, há um sistema de mira integrado(provavelmente baseado nos dos Su-27 russos que a China opera), os motores têm controle digital e as superfícies de controle têm redundância quádrupla.

Sob o pequeno avião, há um canhão de 23mm automático e 11 suportes para armas. Por falar em armas, o caça pode carregar 6 toneladas de armamento ar-ar e/ou ar-solo. Na parte ar-ar, tem-se os mísseis PL-8, 9, 10 ou 11; há o míssil anti-navio YJ-9 e o anti-radar PJ-9; podem ser usadas bombas burras de 250kg ou 500kg e bombas inteligentes LT-2, LS-6, GB-2A e GB-3/3A.

Na parte da motorização, os chineses tentam desenvolver uma versão local para substituir os Saturn-Lyulka AL-31F, chamada Shenyang WS-10/A Taihang. Como o WS-10 não estava muito maduro, os motores russos foram usados enquanto o WS-10A(corrigido) não estava disponível. O radar é um capítulo à parte: baseado num modelo da Elta israelense, era um modelo de escaneamento mecânico e foi substituído por um AESA Tipo 1473G desenvolvido localmente.

Sobre o item TR02841

  • Versão da PLAAF(China);
  • Set de photo-etcheds;
  • 268 peças(nível 3); e
  • Vem com diversos mísseis ar-ar da família PL, bombas convencionais e tanques alijáveis.